sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Aqueles amigos... sabe?

Primeiro queria dizer que não sei o que seria sem meus amigos. Aqueles amigos que vão comigo pro quadrado conversar, que me acompanham até o CE pra tirar xérox de alguma coisa – ou até vão por mim. Aqueles amigos que desde o mês passado vivem na internet procurando coisas sobre aniversários pra poderem me mandar no meu dia especial – 19 de novembro. Aqueles amigos que juuram que vão me ligar de 00h no dia 19 de novembro só pra serem os primeiros a me darem parabéns. Aqueles amigos queima filmes, que começam a gritar alguma coisa no meio da mutidão e que se eu fingir que não conheço começam a gritar “JUH? JULIANA? JULIANA-QUE-TÁ-COM-UM-CASACO-AZUL?!” e dependendo da roupa eles gritam e gritam mesmo. Aqueles amigos que você sabe que pode confiar. Aqueles amigos que se te veem com a cara emburrada vem logo perguntar o que aconteceu. Aqueles amigos que você xinga, bate, levanta a blusa, chora junto, dá abraço e tira foto. Aqueles amigos que, no meio do filme de Pesquisa, se você tiver uma crise de choro lhe abraçam bem forte e dizem que também te amam. Aqueles amigos que vivem jurando de pé junto que se você morresse iriam sentir sua falta, mesmo que você diga o contrário o tempo todo. E, até, aqueles amigos que acordam você de manhã pra contar algum babado. Aqueles amigos que atendem seu telefonema todo dia de manhã quando está sem aula pra ficar falando besteira umas duas horas ou mais. Aqueles amigos que te perdoam, não importa o que você faça. Aqueles amigos que você sabe que realmente confiam em você e que te fazem feliz. Aqueles amigos que você sabe que não está exagerando quando diz que os ama muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito muito [...] mesmo. Aqueles amigos que reclamam por que você não ligou pra eles. Aqueles amigos que te deixam com um sorriso de orelha a orelha. Aqueles amigos que te ajudam a fazer um risquinho no carro do professor . Aqueles amigos que, quando você pede dinheiro, não pensam duas vezes e levantam a mão direita ou esquerda e dizem “Gastem!” com o dinheiro na mão. Aqueles amigos que ficam rindo muuito com você na parte triste do filme porque por acaso vocês viram uma mulher na poltrona ao lado que parece está morta. Aqueles amigos que ficam no meio do cinema – em pé e de farda – gritando, pulando e apontando pra tela com você porque viram o nome dos Jonas Brothers. Aqueles amigos que quase arrombaram a porta do banheiro feminino. Aqueles amigos poodres e safados . Aqueles amigos que te obrigam a pedir desculpa mesmo você sabendo que eles iam te perdoar de qualquer jeito. Aqueles amigos que te chamam de lesada ou idiota no twitter pra Deus e o mundo ver. Aqueles amigos que vão com você até a mesa do professor tirar onda. Aqueles amigos que roubam suas pulseiras, pegam seus anéis e seu caderno sem pedir e de repente: Puft! Some tudo, menos o caderno, que volta com a parte de trás super cheia de recados. Aqueles amigos que, mesmo você estando do outro lado da sala, conversam com você na aula. Aqueles amigos que você ri muito na aula de Inglês - e acaba com vontade de vomitar de tanto rir -, que ficam filmando o professor dançando. Aqueles amigos que se estressam quando você diz que ninguém gosta de você. Aqueles amigos que passam quatro horas e meia contigo no telefone escutando sua conversa com os primos, vendo televisão - ambos falando do que está acontecendo na tela - e cantando ao ritmo de “Fuck You" o nome dos professores. Aqueles amigos que riem de você e com você. Aqueles amigos que você chora muito – a ponto de molhar uma toalha tooda – porque pensa que estão com raiva de você e porque sabe que merece que eles estejam com raiva, já que contou pra as amigas uma coisa que não era pra contar. Bom, até eles dizerem “EU TE DESCULPO, PORQUE NUNCA HOUVE UMA AMIGA MELHOR NO MUNDO, PQ EU T AMO, E PQ AMIGOS ASSIM NÃO DÃO EM ÁRVORES, CEERTO?, E TBM PQ VC MERECE, E PQ TODO HUMANO ERRA!” - ai você começa a chorar rindo, de tanta felicidade, mas tudo bem. Aqueles amigos de depois que você começa a chorar porque vai - supostamente - se matar te dão um abraço coletivo e quase cai todo mundo junto quando tropeçam em uma raiz de árvore na frente da escola. Aqueles amigos que vão no laguinho com você estudar e te matam de rir xingando o caderno do vegetal da sala. Aqueles amigos que cantam "Anna Júlia" beem alto fazeno a "dancinha da Taylor Swift" - a que ela faz em "You Belong With Me".Aqueles amigos que todo dia, antes de dormir, você agradece a Deus por ter. Aqueles amigos que eu amo tanto, mas tanto, que não tem como traduzir em palavras o sentimento que tenho por eles.

5 comentários:

Lílian disse...

nossos aigos nos motivam e nos fazem feliz nos piores momentos das nossas vidas ;
beijos

Jeniffer Yara disse...

Own lindo post sobre amigos!*.*
Quase todos nossos amigos são motivos para nos fazerem feliz!
Bjs!

Hosana Lemos disse...

a sorte que eu não tenho no amor eu tenho nos amigos.
Amo de verdade meus amigos.
Definitivamente não sei o que seria de mim sem eles, de verdade.
Só de estarem ao meulado eu ja me sinto bem, e mesmo que nós passemos tempos sem nso ver quando nos encontramos é aquela alegria, aquela amizade...

Adorei o texto!
^^

bjão, querida!
=*

betina disse...

ooi, to passando no blog de todas as seguidoras do blog (ex-Pontivílgula :B) para avisar que o esdereço mudou para http://shelivesinherfairytale.blogspot.com/

desculpa MESMO o encômodo, e apaga o comentário se quiser :B

'' Breno Silva -_ disse...

bs ! diz:
acho que vou comentar:"errr, com licença, só queria dizer que eu sou um desses amigos xD"

juh costa (: diz:
o MELHOR, aliás (;

bjoligapraeu!